---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Município concede espaço para a nova Igreja Católica do bairro Vila Nova

Publicado em 10/01/2020 às 11:16 - Atualizado em 10/01/2020 às 15:13

 

A noite da última quinta-feira (09) foi de emoção para a comunidade católica do bairro Vila Nova, em Porto Belo. O Governo Municipal realizou o ato de assinatura do termo de concessão de uso do terreno para a construção da nova Igreja, que tem como padroeiro o Divino Espírito Santo. O imóvel está localizado junto a nova Sede Recreativa do bairro, na Rua do CTG, em frente ao terreno antes adquirido pela Paróquia, onde seria feita a obra, mas que encontra-se com problemas judiciais.

A presidente da Fundação da Cultura Cristiani de Jesus destaca que este é um momento importante, que dá à comunidade a certeza da construção da nova Igreja. "Este é um sonho muito antigo da comunidade, que há poucos anos criou a Capela do Divino Espírito Santo. Este lugar tem muito haver com a nossa cultura, resgatou com força os costumes açorianos, a Festa do Divino e assim, a nossa história. Estamos orgulhosos em poder conceder este espaço para a comunidade, para que construam esta nova igreja e possam fortalecer ainda mais a fé dos moradores deste bairro" - diz a presidente.

A concessão é exclusivamente para a construção da Igreja Divino Espírito Santo, não podendo ter outra destinação, sob pena de revogação da concessão.  A concessão exige que a obra seja iniciada em dois anos.

Fiéis da comunidade, a catequista Ana Cristina Cordoba dos Santos e o esposo João Guilherme dos Santos Júnior agradeceram imensamente o Governo Municipal pela oportunidade e agradeceram também todo o empenho da comunidade e arcar fundos para a construção da nova Igreja.

A Capela Divino Espírito Santo pertence à Paróquia Senhor Bom Jesus dos Aflitos, que tem como pároco o padre Antônio Schmitt.

Estiveram presentes no ato de assinatura,  o prefeito Emerson Stein, a presidente da Fundação da Cultura Cristiani de Jesus, o padre Antônio Schmitt, os vereadores Bento Voltolini, Jonas Amadeu e Silvana Stadler, o presidente da Fundação de Esportes, pasta a qual pertence o espaço concedido, Ednaldo Manoel da Silva, o secretário da Assistência Social Magno Munõz e membros da comunidade.